Agro Olhar

Terça-feira, 17 de outubro de 2017

Notícias / Agricultura

Missão de Novacki estreita relações com a Polônia, França e Holanda

Da Redação - Arthur Santos da Silva

08 Jun 2017 - 11:22

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Missão de Novacki estreita relações com a Polônia, França e Holanda
A missão oficial do secretário-executivo, Eumar Novacki, a países europeus encerrou na Polônia com resultados positivos. Depois de reunir-se com o vice-ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Jacek Bogucki, Novacki disse ter avançado a negociação para diminuir resistências daquele país em relação a produtos brasileiros no âmbito do bloco europeu (UE). “Já é possível contar com apoio da Polônia nos pleitos brasileiros em um cenário de maior parceria”, afirmou. 

Leia mais:
BNDES retoma estudo de financiamento para continuidade de obras de duplicação da BR-163 em Mato Grosso


Foi acertado que as pautas de interesses mútuo deverão avançar. As posições da Polônia junto à União Europeia vinham sendo, até então, coerentes com as da Irlanda, França e Holanda.

Esses dois últimos países também fizeram parte do roteiro do secretário, que obteve de representantes desses governos sinais igualmente promissores de maior cooperação, inclusive para que prospere o acordo do Mercosul com a comunidade europeia.

Um evento entre empresários e membros do governo polonês deverá ser realizado no segundo semestre deste ano, em Brasília. O embaixador em Varsóvia, Alfredo Leoni, ficou encarregado da interlocução junto aos governos e a Câmara de Comércio para viabilizar essa agenda.

Antes de retornar ao Brasil, Novacki, acompanhado do secretário adjunto da Secretaria de Relações Internacionais, Alexandre Pontes, conheceu a sede da empresa Ursus Tractor and Farm Machinery, fábrica de tratores e equipamentos agrícolas, uma das maiores do mundo nesse setor, estabelecida desde 1893.

Andrzej Zarajczyk, presidente da holding Pol Mot, controladora da Ursos, revelou interesse em instalar uma montadora no Brasil. A empresa participará da Expointer, em Esteio (RS), no segundo semestre deste ano, quando também acontecerão reuniões técnicas para acelerar a instalação da filial brasileira.

Na véspera, o secretário esteve com a diretoria e empresários da Câmara de Comércio da Polônia e com representantes dos ministérios da Agricultura, Relações Exteriores e do Desenvolvimento Econômico. Nessa reunião, Novacki ouviu dos presentes que o Brasil está entre os sete países estratégicos em investimentos e com o qual pretendem ampliar tratados comerciais.

Em Paris, foi decidida a criação de um Comitê Especial Agrícola Permanente Brasil - França, para tratar de cooperação, tecnologia, sustentabilidade, sanidade e intensificação de comércio, em encontro com o diretor-geral de Desempenho Econômico e Ambiental de Empresas (DGPE), Hervê Duran, e a nova equipe do Ministério da Agricultura do país, comandado por Emmanuel Macron.

Eumar Novacki, ouviu de Marjolijn Sonnema, diretora-geral de Agricultura da Holanda, que também realizou eleições recentemente, que a visita irá contribuir para melhorar a relação entre os dois países. O secretário esteve também com René Van Der Plas, principal executivo do Porto de Roterdã, que tem como principais acionistas o governo holandês e a prefeitura de Roterdã. A administradora do porto é parceria em projetos no Espírito Santo e no Ceará.

Nos três países, o secretário do Mapa aproveitou para esclarecer pessoalmente detalhes adotados pelo governo brasileiro após a deflagração da Operação Carne Fraca.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet