Agro Olhar

Terça-feira, 17 de outubro de 2017

Notícias / Agricultura

Após Carne Fraca, Mapa é alvo de nova operação da PF e Blairo diz que irá afastar envolvidos

Da Redação - Lázaro Thor Borges

16 Mai 2017 - 16:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Após Carne Fraca, Mapa é alvo de nova operação da PF e Blairo diz que irá afastar envolvidos
Depois do conturbado período político decorrente da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal para apurar fraudes na fiscalização sanitária do Ministério da Pecuária e Agricultura, o Mapa voltou a ser investigado pela PF. Desta vez é a Operação Lucas, deflagrada na manhã desta terça-feira (16).

Leia mais:
Agronegócio garante crescimento do setor imobiliário no interior do Estado


Para tentar conter o desgaste político e econômico da nova operação Maggi publicou nota em que ressalta que irá afastar todos os servidores do Mapa que são alvos da investigação. A Operação Lucas cumpre 62 mandados judiciais em Tocantins, Pará, São Paulo, Pernambuco e Brasília. Segundo informações preliminares, o esquema teria desviado R$ 3 milhões dos cofres públicos.

“Já estamos tomando as providências. Os envolvidos serão afastados imediatamente das funções e serão submetidos à processo administrativo que poderá terminar com a exoneração dos cargos públicos. O Mapa apoia ações como essa”, afirmou o ministro.

Na nota, o ministro também afirma que ele e sua equipe já previam que novas investigações aconteceriam principalmente por conta do aumento no ‘rigor das investigações internas’. O texto foi publicado da Arábia Saudita, onde Maggi viaja para tratar de assuntos referentes a agricultura e pecuária brasileira.

“Temos total interesse em extirpar do corpo de funcionários do Mapa, os servidores que mancham a imagem do órgão, não honram o compromisso de trabalhar pelo bem público e servir à sociedade. Por outro lado, tem muita gente trabalhando para mudar a situação e a imagem”, finaliza. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet