Agro Olhar

Domingo, 23 de julho de 2017

Notícias / Energia

Mais de 300 ligações irregulares de energia são encontradas em seis cidades de Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

07 Abr 2017 - 10:43

Foto: Energisa

Mais de 300 ligações irregulares de energia são encontradas em seis cidades de Mato Grosso
Em meio a 3.032 fiscalizações voltadas contra o furto de energia elétrica 332 ligações irregulares, conhecidas como 'gato', foram constatadas em seis municípios de Mato Grosso. Os números são resultado da ação de impacto que a Energisa Mato Grosso realizou entre os dias 04 e 06 de abril em Cuiabá, Confresa, Sinop, Comodoro, Juína e Rondonópolis.
 
De acordo com a Energisa, 3.032 fiscalizações foram realizadas entre os seis municípios. Ao todo 332 ligações irregulares de energia foram encontradas, o equivalente a 11% das fiscalizações.

Leia mais:
Redução de 13,17% por cobrança indevida na conta de luz será repassada em abril, diz Energisa
 
Somente em Cuiabá foram feitas 1.859 fiscalizações, onde 161 irregularidades foram encontradas.
 
Em 2016, conforme informações da Energisa, as perdas não técnicas de energia, que podem ser chamadas de irregularidades ou gatos, chegaram a 526.216 MWh em Mato Grosso. Tal quantidade de energia poderia iluminar uma cidade do porte de Rondonópolis por um mês. Ainda conforme a Energisa, tal quantidade significou uma perda de R$ 224 milhões para a empresa e de R$ 40 milhões em arrecadação de ICMS para o governo de Mato Grosso.
 
“Fazer uma irregularidade na rede, que popularmente é conhecida como gato – além de ser crime, traz riscos não só para o proprietário da casa, mas também para toda a vizinhança, prejudicando o fornecimento de energia na região”, explica Felipe Costa da Silva, gerente de Combate a Perdas da Energisa Mato Grosso.
 
O gerente de Combate a Perdas da Energisa Mato Grosso pontua que em 2017 as fiscalizações foram intensificadas. A previsão é que 303.286 fiscalizações sejam realizadas até o final do ano.
 
"Não podemos deixar que uma pessoa traga prejuízo para outras e também, as coloque em situação de insegurança. Imagine se uma dessas ligações acabe por ferir alguém? E para atuar de maneira mais precisa ainda, contamos com a parceria da população. Caso identifique um furto de energia, ligue para nós. Denuncie. Você pode fazer isso pelo 0800 646 4196”, destaca Felipe.
 
O furto de energia é um crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com previsão de pena de uma a quatro anos de reclusão, além de pagamento de multa.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jaime
    10 Abr 2017 às 09:31

    Só irá funcionar quando contratar uma empresa de perícia particular para identificar os furtos! Desafio ainda a fazer uma média de quantos "gatos" tem por rua o prejuízo é gigantesco e quem paga a conta são as pessoas honestas por isso é caro!

  • Mauro VG
    07 Abr 2017 às 22:50

    Não sou a favor do "gato", mas com esse valor abusivo das contas de energia, o cidadão de bem fica tentado a fazê-lo! em Cuiabá e várzea Grande tem muito gato na energia, basta uma fiscalização mais rigorosa que irá constatar inúmeros casos. E só atentar para o consumidor que fica com o ar condicionado ligado o dia inteiro e muitas vezes nem em casa está, deixa ligado para quando chegar encontrar o quarto geladinho para dormir. Como diria Bóris Casoy, ISSO É UMA VERGONHA!

  • cidadao
    07 Abr 2017 às 18:48

    papo furado quando se denuncia eles querem a unidade consumidora.. e isso é problema... para quem denuncia....

Sitevip Internet