Agro Olhar

Sábado, 24 de junho de 2017

Notícias / Emprego

IBGE anuncia mais de 900 vagas para Mato Grosso em seleção para o Censo Agropecuário 2017; salário chega a R$ 4 mil

Da Redação - Viviane Petroli

03 Abr 2017 - 10:29

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

IBGE anuncia mais de 900 vagas para Mato Grosso em seleção para o Censo Agropecuário 2017; salário chega a R$ 4 mil
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu para Mato Grosso um total de 904 vagas para temporários para trabalhar no Censo Agropecuário 2017. Os salários variam de R$ 1,5 mil para agente censitário administrativo a R$ 4 mil para analista censitário.

Leia mais:
IBGE contratará 26,4 mil pessoas para Censo Agropecuário 2017
 
Serão dois processos seletivos simplificados para os temporários que atuarão no Censo Agropecuário 2017, de acordo com o IBGE. Serão abertas ao todo 26.010 vagas, sendo 171 para profissionais de nível superior em 18 diferentes áreas de conhecimento. As demais serão para nível médio. O IBGE pontua que as vagas serão abertas em mais de quatro mil municípios.
 
A coleta de informações começa em 1º de outubro e o questionário foi simplificado para "agilizar" a operação. Ao longo de cinco meses, explica o IBGE, os recenseadores irão visitar mais de cinco milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país. O intuito é levantar informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos, entre outros temas.
 
O papel da agricultura familiar, ressalta o IBGE, na produção agropecuária brasileira também será investigado.
 
O IBGE revela que no primeiro processo seletivo simplificado as vagas ofertadas são para analista censitário (R$ 4 mil de salário), agente censitário administrativo (R$ 1,5 mil de salário), agente censitário regional (R$ 2,5 mil de salário) e agente censitário de informática (R$ 1,7 mil de salário).
 
Já o segundo processo seletivo simplificado constam as vagas para agente censitário municipal (R$ 1,9 mil de salário), agente censitário supervisor (R$ 1,6 mil de salário) e recenseador (salário por produção).
 
Cortes
 
Conforme o IBGE, o orçamento do Censo Agropecuário de 2017 sofreu um corte superior a 50%. O Instituto revela que a previsão era contratar temporariamente 82 mil pessoas para realizada a coleta das informações em aproximadamente 90 dias. Contudo, diante a redução do orçamento o número de pessoas a serem contratadas passou para 26 mil e a coleta de informações para cinco meses.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet