Agro Olhar

Domingo, 23 de julho de 2017

Notícias / Energia

Energisa investirá quase R$ 500 mi em Mato Grosso; baixada cuiabana receberá R$ 95 mi

Da Redação - Viviane Petroli

27 Mar 2017 - 11:10

Foto: Energisa

Energisa investirá quase R$ 500 mi em Mato Grosso; baixada cuiabana receberá R$ 95 mi
A Energisa deverá investir em 2017 um volume de R$ 474,6 milhões em Mato Grosso. Do montante previsto para esse ano R$ 95 milhões deverão ser aplicados na baixada cuiabana. Além disso, inclusão do distrito de Paranorte (Juara) no Sistema Interligado Nacional (SIN) está entre as prioridades da distribuidora de energia elétrica no Estado.

Leia mais:
Ação flagra 'gatos' em postes; energia seria suficiente para atender mais de mil casas em um ano
 
A Energisa Mato Grosso conta com pouco mais de 1,3 milhão de unidades consumidoras entre os 141 municípios. De acordo com a distribuidora de energia elétrica, além da inclusão do distrito de Paranorte (Juara) no Sistema Interligado Nacional, estão entre as prioridades obras dos circuitos de Várzea Grande e Nobres.
 
Os maiores investimentos em 2017 deverão ocorrer na baixada cuiabana, onde a previsão é de R$ 95 milhões a serem aplicados para complementar o anel que atende os municípios da região. Estão previstos investimentos na ordem de quase R$ 40 milhões em Rondonópolis, R$ 57 milhões em Sinop, R$ 18 milhões na região de Cáceres e R$ 36 milhões na região de Tangará da Serra.
 
A Energisa revela que na região do Araguaia, além dos R$ 270 milhões aplicados em anos anteriores, mais R$ 34 milhões serão investidos neste ano.
 
Os demais R$ 110 milhões serão aplicados em projetos que atenderão todo o Estado de Mato Grosso.
 
Avanço de qualidade
 
De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em 2016 a Energisa Mato Grosso evoluiu 16 posições na qualidade do serviço entre as distribuidora de energia elétrica com mais de 400 mil clientes. A empresa saltou do 24º lugar em 2015 para o 8º em 2016.
 
Segundo o Grupo Energisa, mais de R$ 1 bilhão foram investidos em Mato Grosso com a aquisição de equipamentos, manutenção da rede, treinamentos para equipes, construção de novas linhas, renovação da frota, construção e manutenção de subestações, entre outros desde a entrada do Grupo no Estado.
 
"Temos trabalhado intensamente para esse resultado. Fizemos grandes investimentos, revimos nossa forma de trabalhar, planejamos cuidadosamente onde fazer melhorias, aumentamos nossas equipes e as preparamos para atender os clientes de melhor maneira possível", comenta Riberto José Barbanera, diretor-presidente da Energisa Mato Grosso.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ana
    27 Mar 2017 às 13:36

    investimentos fara reduzir o imposto do estado??? porque a nossa energia esta entre as 3 mais caras do BRASIL .

Sitevip Internet