Agro Olhar

Sábado, 24 de junho de 2017

Notícias / Emprego

Japidinho se solidifica no mercado com mais da metade de seus funcionários do sexo feminino

Da Redação - Naiara Leonor

08 Mar 2017 - 17:36

Foto: Da Assessoria

Japidinho se solidifica no mercado com mais da metade de seus funcionários do sexo feminino
Presentes em todos os níveis hierárquicos da empresa, as mulheres são maioria no Japidinho de Cuiabá, somando 42 funcionárias do total de 60 empregados da empresa alimentícia em três unidades na capital. Neste Dia das Mulheres, o proprietário faz questão de salientar a importância delas para o sucesso da marca.

Leia mais:
Mulheres ampliam atuação no campo, mas ainda enfrentam barreiras por espaço no agro

"As mulheres são maioria e trabalham em todos os setores, inclusive na liderança. Elas dominam o Japidinho", afirma o proprietário do restaurante japonês, Fernando Medeiros, que ainda destacou a dedicação, a organização e a atenção aos detalhes como grandes diferenciais femininos.

Dados da Organização Mundial do Trabalho (OIT) sobre o mercado mundial constatam que as mulheres já representam mais de 49% do mercado de trabalho mundial. no Brasil, a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), apresenta  a informação de que o número de postos ocupados pelo trabalho feminino quase dobrou nos dez anos entre 2004 e 2014, passando de 12,5 milhões de trabalhadoras com carteira assinada para 21,4 milhões, 43,25% do total.

A assistente de Recursos Humanos do Japidinho, Veronica Borges, apesar do pouco tempo de empresa, alega ter total liberdade para dar opiniões e ser ouvida pela diretoria. "Aqui quem comanda a empresa são as mulheres, estamos no financeiro, RH, gerente de loja, cozinha... E não é em qualquer empresa que encontramos isso", pontua.

Ainda conforme mostra a RAIS, o trabalho feminino concentra-se em alguns setores, notoriamente serviços, comércio e indústria de transformação. O único setor em que as mulheres são maioria é o da Administração Pública, onde, de 9,5 milhões de postos de trabalho, 5,5 milhões estão ocupados por mulheres.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet