Agro Olhar

Sábado, 24 de junho de 2017

Notícias / Tecnologia

Monsanto adquire companhia por US$ 930 mi e testa plataforma em Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

11 Dez 2015 - 11:43

Foto: Viviane Petroli/Agro Olhar

Monsanto adquire companhia por US$ 930 mi e testa plataforma em Mato Grosso
O desenvolvimento tecnológico no campo, visando o aumento de produtividade e redução das perdas, foi um dos focos da Monsanto ao investir US$ 930 milhões na Climate Corporation, desenvolvedora da plataforma de agricultura digital que chega ao Brasil. O aplicativo The Climate FieldView™ está em fase de testes nos oito principais estados produtores de grãos do Brasil, dentre eles Mato Grosso que deverá na safra 2015/2016 colher 29 milhões de toneladas apenas de soja. De acordo com a multinacional, a previsão é expandir até 2025 a plataforma para um número significante de hectares.

O Climate FieldView™ foi desenvolvido pela The Climate Corporation, divisão da Monsanto Company, e está presente em mais de 30 milhões de hectares nos Estados Unidos. O foco da plataforma é a coleta de dados de campo para as culturas de soja e milho com agricultores.

Leia mais:
Nova tecnologia para milho da Monsanto promete proteção contra a Diabrotica

Na ferramenta de agricultura digital é possível encontrar diversas informações como o clima por talhão, umidade do solo e até mesmo o volume de nitrogênio a ser aplicado na lavoura. "O aplicativo vem para auxiliar os produtores a melhorar a eficiência e sustentabilidade de suas operações. Com ele se consegue maximizar a produtividade por talhão", afirmou o presidente da Monsanto Brasil, Rodrigo Santos, durante o evento realizado em São Paulo (SP) com a imprensa, nesta quinta-feira, 10 de novembro, ao qual o Agro Olhar participou.

Diariamente são investidos pela Monsanto US$ 3,5 milhões em estudos. O melhoramento genético de novas variedades, seguido das biotecnologias, são os principais investimentos da multinacional.

“No caso da plataforma de agricultura digital é uma transformação no campo que acreditamos. Essa tecnologia ajudará no aumento da produção de alimentos. Este é o nosso segundo ano de testes nos Brasil”, destacou Rodrigo Santos, ao esclarecer que as informações a serem encontradas no aplicativo serão inseridas pelos próprios produtores.

O uso de tecnologia no campo, em especial a digital, de acordo com o presidente da Monsanto Brasil, irá contribuir para o aumento da produção de alimentos, uma vez que segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) em 2050 o mundo terá 9,7 bilhões de habitantes, sendo necessária ampliar em 80% a produção de alimentos até lá.


*A reportagem do Agro Olhar viajou para São Paulo a convite da Monsanto para o evento "Na Mesa com a Monsanto"

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet