Agro Olhar

Domingo, 23 de julho de 2017

Notícias / Tecnologia

Embrião do Parque Tecnológico de Mato Grosso pode ser instalado na Arena Pantanal

Da Redação - Viviane Petroli

23 Nov 2015 - 09:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Embrião do Parque Tecnológico de Mato Grosso pode ser instalado na Arena Pantanal
A Arena Pantanal poderá abrigar o Parque Tecnológico de Mato Grosso, enquanto as obras do centro em Várzea Grande não são concluídas. A intenção é que empresas e startups já comecem a atuar. A ideia foi apresentada pela secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luzia Trovo, durante reunião com o governador Pedro Taques.

As salas existentes no interior da Arena Pantanal, destaca a secretária, poderão servir de espaço para a parte científica do Parque Tecnológico. Com o espaço "provisório" estudantes de universidades, empresas de tecnologia e incubadoras poderiam iniciar suas atividades antes mesmo da conclusão do centro em Várzea Grande.

Leia mais:
Arena Pantanal será palco do maior evento internacional de startups

O Parque Tecnológico de Mato Grosso será construído em uma área de 80 hectares na região do Chapéu do Sol em Várzea Grande. O centro terá ao seu entorno os novos campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). Ao todo serão seis áreas prioritárias no parque: Biotecnologia, Cadeia do Agronegócio, Tecnologias da Informação e Comunicação – TIC’s – hardwares e softwares, Geociências, Química verde e Novos materiais.

“A ideia é já começar a atuar com startups e empresas. Vamos criar uma ambiência de inovação, algo que ainda não existe. A questão da inovação e tecnologia não está entranhada na nossa cultura. Vamos criar essa ambiência antes mesmo do prédio, vamos fazer acontecer, criar uma alma do parque", destacou a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luzia Trovo, durante reunião com o governador Pedro Taques.

Conforme a secretária, três workshops com professores foram marcados ainda para 2015. Ela destaca, ainda, que a ideia é expandir para os alunos em 2016 para que os processos de capacitação de projetos sejam iniciados.

No encontro, o governador Pedro Taques revelou apoiar o projeto e salientou que o próximo passo é buscar junto a Secretaria de Cidades (Secid), responsável pela administração da Arena Pantanal, a possibilidade de abrir o "embrião" do Parque Tecnológico de Mato Grosso.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet