Agro Olhar

Domingo, 23 de julho de 2017

Notícias / Jurídico

Produtores rurais entram em recuperação por dívida de R$ 189 milhões

Da Redação - Arthur Santos da Silva

07 Out 2015 - 14:24

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Produtores rurais entram em recuperação por dívida de R$ 189 milhões
Os produtores rurais Guilherme Augustin e Luciana Fischer tiveram pedido de recuperação judicial deferido no dia 1º de outubro. Conforme os autos, a dupla possui um passivo de R$189.383.857,35. A decisão é da Quarta Vara Cível de Rondonópolis.

A dupla alega que desenvolve atividade de produtores de algodão, desde o ano de 1988, possuindo inscrição na junta comercial de Mato Grosso desde 2012. A séria crise econômica-financeira teria sido ocasionado por problemas de ordem climática. Os entraves impuseram aos empresários um grave problema monetário. Complementando o cenário, no ano de 2014 houve a quebra da safra de algodão, potencializou a situação problemática que já se apresentava.

Leia mais:
Crise no transporte rodoviário leva mais de 30 empresas pedirem recuperação judicial em Mato Grosso

“A partir de então, suportaram drástica redução das linhas de crédito perante instituições financeiras, de forma que precisaram tomar empréstimos no mercado, com juros altos e prazos de pagamento reduzidos, de modo que não conseguiram se manter dentro do seu planejamento financeiro, e acabaram endividados”, informa os autos, sobre as justificativas do pedido de recuperação.

No caso, foi nomeado o advogado João de Souza Salles Júnior para desempenhar o encargo Administrador Judicial, recebendo, mensalmente, R$ 45 mil. A determinação abrange, ainda, a suspensão de todas as ações ou execuções contra os autores.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Matheus Neres
    15 Dez 2015 às 14:24

    Estive pensando, quero ser investidor, quero plantar mudas de discórdia, pra prenderem o Silval Barbosa.

  • Dinho
    15 Dez 2015 às 14:22

    RAPAZ O QUE DA DINHEIRO É SAI PLANTANDO A MANDIOCA !

Sitevip Internet