Agro Olhar

Sábado, 24 de junho de 2017

Notícias / Jurídico

Fim de atividades da JBS em São José dos Quatro Marcos gera audiência pública

Da Redação - Viviane Petroli

16 Jul 2015 - 09:48

Foto: Zequias Nobre/TRT-MT

Fim de atividades da JBS em São José dos Quatro Marcos gera audiência pública
O encerramento das atividades do frigorífico JBS/Friboi em São José dos Quatro Marcos, em maio, foi tema de uma audiência pública no município nesta terça-feira (14). A planta frigorífica era a única empresa de grande porte no município e levou aproximadamente 770 trabalhadores ao desemprego.

Durante a audiência pública em São José dos Quatro Marcos foram debatidos os impactos sociais que o fechamento do frigorífico provocou na cidade, bem como a esperança com a reabertura da unidade. O debate foi promovido pela prefeitura e contou com a presença da sociedade civil, além de autoridades politicas municipal, estadual e federal, Tribunal Regional do Trabalho, Ministério Público do Trabalho e o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Alimentação.

Leia mais:
JBS para em Cuiabá e chega a 18 o número de frigoríficos fechados em MT; Cerca de 4 mil são demitidos
Mais um frigorífico fecha as portas em Mato Grosso e demite 300 funcionários

Os debates foram iniciados com uma proposta do prefeito Carlos Bianchi ao diretor da empresa JBS, Marcelo Zanata, para a reativação da unidade, bem como a instalação de uma indústria para agregar melhor a matéria-prima.

“Vejo a JBS Friboi como uma empresa de grande importância para nosso município, e precisamos de sua reativação e que analise um planejamento futuro de além de abater o gado, também se industrialize aqui em nosso município os produtos produzidos pelo grupo JBS”, destacou o prefeito Carlos Bianchi.

A preocupação social com o desemprego ocasionado foi destacado pelo vice-prefeito Ronaldo Floreano dos Santos. Segundo ele, nunca se presenciou "tantos pedidos de quitação de contas de energia". O vice-prefeito salientou, ainda, temes que novos postos de trabalho possam vir a ser fechados em consequência do fim das atividades da JBS/Friboi em São José dos Quatro Marcos.

De acordo com a desembargadora Eliney Veloso, o Tribunal Regional do Trabalho vem acompanhando a situação do fechamento da unidade em São José dos Quatro Marcos. “A Justiça do Trabalho não se limita unicamente ao julgamento dos processos, mas é missão institucional do Tribunal também promover ações afirmativas. É imbuído desse espírito que estamos aqui hoje”, pontuou a desembargadora na audiência pública.

JBS reafirma falta de matéria-prima

A importância da audiência pública foi destacada pelo diretor da JBS/Friboi Marcelo Zanata. Na ocasião ele reafirmou a dificuldade vivida pela cadeia industrial com a falta de bovinos no mercado. “Estamos vivendo um momento de colapso geral onde as empresas do ramo estão fechando dia a dia, estamos trabalhando com a capacidade ociosa em 30%”.

Conforme informações da Prefeitura de São José dos Quatro Marcos, a responsável pelo jurídico da JBS/Friboi, Renata Quartim, acenou para uma possível reabertura da unidade no município, porém sem criar falsas expectativas. "A empresa tem a intenção de retomar as atividades em Quatro Marcos, não temos um prazo, até por conta de questões de falta de matéria-prima levantadas pelo Marcelo Zanata. A intenção existe, mais ainda não conseguimos precisar e criar uma expectativa que retornaríamos em 12 ou 18 meses, sem ter a certeza se as condições estarão propicias. Teríamos sim um compromisso de estudar a viabilidade e apresentar uma proposta. Temos um prazo até dia 30 de julho em uma ação ajuizada no Ministério Publico do Trabalho”.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • jose a silva
    17 Jul 2015 às 07:56

    O governo e os próprios funcionários estão matando a galinha dos ovos de ouro! O governo quer arrecadar demais, extorquindo os contribuintes os trabalhadores querem ganhar bastante, com um monte de penduricalhos no salário: E agora? Nenhum e nem outro! Quando querem muito ficam sem nada! é isso aí! Se não abrirem os olhos, esse mal vai se espalhar pelo Estado! O preço da carne, na estratosfera, ninguem comprando, a empresa com o produto empacado, ficando sem giro o estado, sem arrecadação, sem dinheiro para salário e melhorias e etc...é a corrente se quebrando....

  • Figueira
    16 Jul 2015 às 20:12

    O PROMOTOR PEDRO TAQUES AJUDOU A FECHAR TODOS!! SÓ NA PERSEGUIÇÃO. O POVO É CEGO??

  • Geraldo Sá
    16 Jul 2015 às 14:14

    Zé Guaporé eu concordaria se fosse qualquer outra empresa, porém, com a quantidade de incentivos fiscais que a JBS recebeu me falar que foi por carga tributária? A grande realidade é que os grandes frigoríficos compraram todos os "pequenos" e ficaram donos sozinhos de todos eles. E, agora, se torna dispensável tanto gasto com funcionários pois além de aumentar o preço da carne pode-se otimizar os que sobraram, aumentando a produtividade e cortando gastos. Cortando também a economia e o futuro de milhares de famílias!

  • Ana Luiza
    16 Jul 2015 às 14:08

    Chama para audiência pública a SEFAZ que multou em $200 milhões, a SEDEC que cancelou benefícios e Ministério Público que apreendeu R$80 milhões da empresa.

  • Zé Guaporé
    16 Jul 2015 às 11:23

    Nenhuma empresa que depende de pagar funcionários e adicionais de periculosidade e insalubridade, manter transportes para o mesmo, pagar fretes para transporte da matéria prima a ser industrializada, depois para transportar os produtos acabados, mais impostos, aguenta manter-se. O custo da produção se torna inviável e a solução é fechar as portas. O Brasil está inviável. Grandes empresas multinacionais já retiraram seus capitais do país. Somente a turma do PT e seus asseclas é que não vê!

Sitevip Internet